Vampiros do Brasil
Seja Bem vindo ao Fórum Vampiros do Brasil!!!

Para ver o conteúdo Completo do nosso Fórum
Faça Login ou registre-se.

Além de você se registrar estará ajudando o Fórum a crescer.
Como usuário registrado poderá Comentar, Postar e ainda fazer muitos amigos.

Equipe Vampiros do Brasil



 
InícioRegistrar-seConectar-se
Olá Convidado...Seja Bem Vindo(a) ao Vampiros do Brasil. Onde todos os jogadores de RPG se reúnem em um só lugar !
Deseja jogar nos PIF's de Vasta ou Bela Noite?
Mande uma Mensagem Privada para nossos Moderadores.

Compartilhe | 
 

 Salão

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Salão   Sex 15 Jun - 8:53

Os dias na taberna eram tranquilos, durante o dia algumas poucas pessoas passavam por ali à procura de lugar para dormir ou algo para comer, porém na taberna não havia quartos disponíveis no segundo andar, apenas o quarto da dona e um cômodo abandonado que servia de depósito. Não havia quartos porque poucos eram os viajantes, a maioria da clientela era o próprio povoado que aos poucos pegavam gosto pela diversão à muito tempo esquecida.

Cassandra a dona da taberna era uma mulher sozinha, seu marido e filhos tinham ido servir na guerra de Vasta, e como muitos outros não retornaram. Ela então fugiu da cidade de Vasta com um grupo de pessoas que moravam perto, amigos de uma vida inteira, tentando recompor a dignidade perdida. Acharam no pé da montanha ao Norte, um lugar para chamar de lar.



Aos poucos foram reerguendo sua vida, e Cassandra decidiu seguir com o negócio do marido, abrindo assim a segunda Taberna Escudo de Carvalho. O lugar a princípio era simples, um grande salão de madeira com poucas mesas e uma fraca iluminação, porém o cheiro de assados e temperos que Cassandra fazia cativou a todos do povoado. 

Hoje, 10 anos depois de o Refúgio ser fundado a Taberna estava maior, mais mesas e mais pessoas frequentavam o lugar, mas os dias ainda eram calmos e monótonos, poucos viajantes se embrenhavam na proteção da floresta e achavam o lugar, a música suave que um Bardo bêbado tocava em troca de alguns copos era constante e quase todos os dias podia-se encontrar o velho homem sentado ao fundo da taberna com seu alaúde nas mãos.



E assim Cassandra seguia a vida, cozinhava durante o dia todo e a noite servia as bebidas para os clientes rotineiros, vez ou outra tinha que barganhar com os jovens da Vila para caçarem para ela. Mas no geral, a vida era tranquila, bem diferente da vida que Cassandra deixara para trás no Reino de Vasta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Seg 18 Jun - 7:56

Era mais um dia como outro qualquer, o frio invadia o salão da aconchegante taverna pelas janelas que estavam entreabertas.

Cassandra terminava de preparar as mesas para os poucos cliente que viriam para o almoço,
o cheiro de assado já enchia o local, e logo correria o vilarejo atraindo assim a clientela.

O bardo que tocava alaúde pela tarde em troca de algumas canecas de cerveja, já estava sentado
ao canto em seu habitual lugar e a melodia calma fazia o ambiente mais agradável apesar do frio.

Após a guerra muitos dos refugiados perderam a fé, porém Cassandra ainda tinha certas manias.

Antes de abrir as portas da taverna fez uma pequena prece, não sabia qual dos deuses a ouviria,
ou se ainda ouviam qualquer mortal. Mas uma vida de fé não se perde assim tão fácil.

Após a pequena oração ela se aproxima da porta e a abre para um novo dia no refúgio.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Seg 18 Jun - 17:02

Ferrys caminha lentamente na direção da taverna, sempre preocupado com os arredores. Como mercenário, não tinha um lugar fixo para morar, e então ia de uma taverna a outra, ou, quando não era possível, abrigava-se em cavernas, ou montava seus abrigos com o que encontrava na natureza.

Depois de vários dias sem dormir em um local adequado, decide que gastar algumas moedas em conforto não seria de todo mau.

Segura na maçaneta, e testa a porta. Estava aberta. Antes de entrar, observa o interior, ou aquilo que a fresta da porta permitia.

Não parecia haver nenhum perigo imediato, e então, finalmente, entra.

Ele observa o movimento no local, sem se preocupar em cruzar olhares. O que procurava era uma mesa vazia, e se dirige à mais próxima.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 19 Jun - 7:38

Cassandra estava atrás do balcão, lustrando algumas canecas de carvalho pela décima vez no dia.
A taberna ainda estava vazia, e mesmo em dias cheios, o trabalho ali quase nunca era muito.

Ela vai até o forno a lenha e observa o assado, estava quase pronto.

“As caças estão acabando, preciso encomendar mais ainda essa semana” - Pensa enquanto joga o molho por cima da carne.

Ao se virar ela observa uma figura diferente, ele não era das redondezas e nem do refúgio,
nunca tinha visto aquele rosto, nem mesmo em seus dias em Vasta. Seu coração dá um leve
palpitar, mas logo ela se recompõe e segue até a mesa.

- Deseja beber algo meu caro ? Temos também uma deliciosa carne assada.

Ela oferece ao estranho, enquanto olha em volta para ver se alguns dos guerreiros do refúgio já tinham chegado.


Última edição por Narradora em Ter 19 Jun - 10:17, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sophytia

avatar

Feminino Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 31/07/2015

Ficha Vasta
Jogador: Van Blood.
Sexo: Feminino.
Raça: Humano.

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 19 Jun - 8:29

Sophytia muitas vezes arriscava voltar ao reino atrás de alguns tesouros, ou mesmo caças para o refúgio.
As vezes ela levava um grupo de caçadores com ela, mas quando pretendia ficar mais tempo geralmente ia sozinha.

Dessa vez ela estava planejando uma ida ao porto para vasculhar mais uma vez os escombros do mesmo e procurar
algo de valor ou que agradasse as crianças do refúgio. Porém no caminho de volta ela também iria caçar, por isso antes
de sua ida resolveu passar na taverna e ver com Cassy se a dispensa ainda estava cheia.

Ao se aproximar da taverna, Sophytia pode sentir o cheiro de assado já no lado de fora.
Com um sorriso no rosto ela entra na taverna, falando alto como sempre:

- Caramba Cassy, esse cheiro está di.. - Ela então parou e viu o estranho em uma mesa próxima ao fundo.

Seu sorriso desapareceu do rosto, ela então seguiu até o balcão, se sentou colocando a espada sobre o mesmo. E aguardou Cassandra se aproximar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 19 Jun - 9:33

Ferrys faz um leve aceno para Cassandra.

- Bom dia, minha senhora. Sim, desejo uma bebida, e também aceito um pouco de seu assado.

O homem observa a entrada da guerreira, olhando-a brevemente, mas sem se manifestar. Logo em seguida, volta sua atenção novamente à Cassandra. Dentro de uma bolsa em sua cintura, retira algumas moedas, e as coloca na mesa.

- Desejo também um quarto por alguns dias, se houver algum vago...

Ferrys coloca a mão novamente na bolsa, e retira mais uma moeda, deixando esta última mais próxima de Cassandra, olhando-a nos olhos.

...e algumas informações...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 19 Jun - 10:15

Cassandra sorri para o forasteiro enquanto pega as moedas de ouro referente a comida,
deixando algumas em cima da mesa. Incluindo a última que seria em troca de informação.

- Claro meu senhor, trarei imediatamente seu pedido. Porém sinto informar não temos quartos
disponíveis aqui na taverna. Para falar a verdade apenas um depósito velho e inabitável.


Ela sorri mais uma vez e se retira em direção ao balcão. Se aproximando de Sophytia comenta.

- Menina que bom que chegou, temos um forasteiro na cidade ?
Como ele nos achou, como conseguiu achar o refúgio.. ?


Ela comenta nervosa enquanto enche uma caneca com o hidromel fabricado ali mesmo.
Em seguida segue até o forno e tira um pedaço do assado servindo o prato com alguns
milhos e pães. Passando por Sophytia novamente ela comenta.

- Algo está muito estranho aqui, sinto cheiro de mudanças.

E segue até o forasteiro servindo-lhe com um sorriso no rosto.

- Espero que aprecie senhor, receita de família.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 19 Jun - 16:21

Enquanto Cassandra se afasta para pegar a comida, Ferrys guarda as moedas de volta em sua bolsa. Dá um leve suspiro, imaginando que dormiria mais alguns dias ao relento.

A moeda que ele ofereceu também ficou, o que mostrava a compostura da mulher. Isso também era bom, já que alguém que aceitava dinheiro assim, tão rapidamente, não poderia ser de confiança, ou ter informações sempre confiáveis.

As reações e sussurros entre as duas, não muito longe, mostravam que Ferrys não teria um início tão amistoso.

Mas, já estava acostumado.

Quando Cassandra chega, ele acena em gratidão, e toma um gole da caneca, antes de iniciar a comer.

Durante um tempo, ele não interage com nenhuma das duas. Apenas aproveita sua refeição.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sophytia

avatar

Feminino Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 31/07/2015

Ficha Vasta
Jogador: Van Blood.
Sexo: Feminino.
Raça: Humano.

MensagemAssunto: Re: Salão   Qui 21 Jun - 8:22

Sophytia observa o forasteiro comer as iguarias da taberna, enquanto olha o local.

Aos poucos outros habitantes do vilarejo chegavam para comer e a presença do forasteiro chocavam a todos.

Sophytia se aproxima de Cassandra e comenta enquanto pede uma xícara de rum:

- Cassy estou indo a Vasta, irei fazer algumas buscas, ver se acho algo novo para nós.
Precisa de algo.. caça ? Frutas ? Quer que eu fique aqui de olho nele
.

E aponta ao forasteiro com a cabeça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Qui 21 Jun - 9:08

Sophytia

Cassandra volta ao balcão após servir o forasteiro, e começa a preparar outros pratos para servir
quem estava chegando. Ela já começava a se preocupar pois o pirralho que a ajudava com a
taverna ainda não tinha chegado.

- Onde aquele moleque se meteu…

Enquanto enchia algumas canecas e ajeitava na bandeja, ela se vira para Sophytia e sorri:

- Tudo em menina, creio que estamos bem aqui. Logo todos chegam e acredito que ele não
causará mais problemas.

Ela ajeita o avental por cima do pesado casaco e continua:


- Além do mais, o alimento está acabando, preciso que traga mais caças, e se possível algo
mais gordo. Frutas também seriam bem vindas, as cidras já estão nos últimos galões… - Seus
olhos focam no rosto da guerreira e com um brilho de preocupação ela completa… - Por favor
menina, tenha cuidado, está cada dia mais complicado ir até lá, aquela raça se procria como
coelho, e logo Vasta será um reino de Orcs.


**********************************

Andarilho

Ferrys comia lentamente observando o local, seus sentidos não negavam que aquele era um local
seguro, porém estava enchendo rápido conforme a tarde avançava. Ele saboreia a comida e percebe
o porque aquele local começava a encher, além do tempero acolhedor, aquele parecia ser um ponto
de encontro e diversão para aquele povo com feições sofridas.

Então mais uma lufada de ar atinge Ferrys e de relance ele olha para a porta, acaba de entrar um
dos moradores da vila, porém de longe aquele era o que mais lhe chamava a atenção de todos
que Ferrys vira até agora.

O homem ruivo que acabara de entrar estava sorrindo, atrás dele vinham outro dois homens
igualmente grande conversando enquanto já sentiam o cheiro do assado no ar. Porém o ruivo
dando uma rápida olhada no local, foca em Ferrys e sua expressão alegre muda.

Olhando fixamente para Ferrys ele retira o pesado casaco que o protegia do frio de fora. Era alto
e muito forte, com certeza em seus dias de glória tinha sido um guerreiro, porém apesar de sua
estrutura física denunciar uma vida de guerras, a calmaria no refúgio era denunciada por uma
protuberância que crescia no abdome. A “barriguinha” que o guerreiro adquiria com o passar
dos anos, o deixava com uma postura menos agressiva e não combinava bem com a cara marruda que ele fazia.



O ruivo seguiu até o balcão e falou algo com Cassandra, depois veio em direção a Ferrys com
um sorriso no rosto, mas um sinal de preocupação entre as sobrancelhas.

- Boas vindas forasteiro.. É bom ver um novo rosto em nossas bandas. - Ele puxa uma cadeira
e levanta a sobrancelha grossa como perguntando se poderia se sentar..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninja

avatar

Masculino Número de Mensagens : 3204
Idade : 23
Localização : Entre o vale da morte
Data de inscrição : 11/05/2010

Ficha Vasta
Jogador: Ninja
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Qui 21 Jun - 11:35

Tatsu caminha para a Taverna, precisava conversar com Sophytia, e essa hora, se ela não estivesse partido em viagem, ela com certeza já estaria na taverna atormentando a pobre cassandra.
Ele chega na taverna, mas antes de abrir a porta percebe algo estranho, o clima la dentro não era o mesmo de sempre. Provavelmente um forasteiro.
Checa suas espadas, na bainha, dá uma leve ajeitada nelas e entra tranquilamente, com as mãos descansando no cabo delas.

-Aisatsu... - Diz entrando na taverna e fazendo o tradicional comprimento que sempre fazia. - Observa ao redor e percebe o forasteiro no canto, conversando com outro habitante do refugio.
Não fala nada, continua procurando Sophytia e a encontra sentada no balcão, como sempre.
Se dirige para o balcão tambem e senta-se do lado da mesma. Poe suas espadas em cima do balcão tambem e espera Cassandra voltar para poder servi-lo.
Antes que pudesse fazer qualquer pergunta Cassandra volta.
-Konnichi wa, Kokku-san e Sophi-Sama... vejo que temos forasteiros...-diz dando uma leve apontada com a cabeça na direção do visitante -Mas...mudando de assunto...Cassandra-Sama, o que pode me oferecer alem desse rum? -Diz apontando para a caneca de Sophytia -Já aprendeu a fazer meu sakê?-fala enquanto solta uma pequena risada, volta a falar, agora se dirigindo a Sophytia - e...Sophi-sama...preciso conversar com você, se você tiver algum tempo para mim claro.

Traduções:
 

******************************************************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Qui 21 Jun - 12:41

Ferrys não estava passando fome, mas uma comida bem feita era difícil de ignorar. Sem pressa, aprecia a comida, esperando que não fique muito tempo sem saborear tranquilamente uma refeição como essas.

Mais uma vez, era o foco das atenções. Primeiro, a mulher, mais cedo, depois outras faces com a mesma expressão, e agora, o último que havia entrado também o encarava com preocupação.

Mas, diferente dos outros, este se aproximava, e por mais jovial que tentasse ser com as palavras, as expressões e gestos não compartilhavam da mesma animação.

Quando o homem puxa a cadeira, Ferrys estende a mão, indicando que se sentasse.

- Claro, por favor, sente-se.

Enquanto o homem se senta, Ferrys pega mais um pedaço do assado, e oferece a ele.

- A comida aqui é boa demais para ser egoísta e não compartilhar. Aceita?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sophytia

avatar

Feminino Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 31/07/2015

Ficha Vasta
Jogador: Van Blood.
Sexo: Feminino.
Raça: Humano.

MensagemAssunto: Re: Salão   Qui 21 Jun - 13:40

Citação :
- Tudo Bem menina, creio que estamos bem aqui. Logo todos chegam e acredito que ele não
causará mais problemas. Além do mais, o alimento está acabando, preciso que traga mais caças, e se possível algo
mais gordo. Frutas também seriam bem vindas, as cidras já estão nos últimos galões… - Seus
olhos focam no rosto da guerreira e com um brilho de preocupação ela completa… - Por favor
menina, tenha cuidado, está cada dia mais complicado ir até lá, aquela raça se procria como
coelho, e logo Vasta será um reino de Orcs.

- Relaxa Cassy ... - Comenta enquanto um sorriso largo - Já estou acostumada com aquela raça..
e estou precisando de um pouco de diversão...isso aqui está muito parado..


Nesse momento Sophytia observa que um dos guerreiros mais antigos do refúgio Vougan, se aproxima do forasteiro.
Então se vira para o balcão chamando Cassandra:

- Cassy, encha a caneca mais um vez por favor, e me traga uma porção bem sucolenta..
quero seguir viagem de barriga cheia e coração confortável.



Ninja escreveu:
e...Sophi-sama...preciso conversar com você, se você tiver algum tempo para mim claro.

Sophytia sorri para Tatsu enquanto começava a comer alguns pedaços de carne:

- Ja ia mesmo te procurar.. - bebe um gole de rum.. - Estou indo a Vasta, dar uma olhada no porto,
mas estou meio receosa com esse cara por aqui..


Ela suspira e come mais um pedaço de carne - Mas diga...o que queria falar ... ?

Ela pergunta enquanto observa Vougan conversando com o forasteiro.

[/color]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninja

avatar

Masculino Número de Mensagens : 3204
Idade : 23
Localização : Entre o vale da morte
Data de inscrição : 11/05/2010

Ficha Vasta
Jogador: Ninja
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Sex 22 Jun - 13:38

Sophytia escreveu:


- Ja ia mesmo te procurar.. - bebe um gole de rum.. - Estou indo a Vasta, dar uma olhada no porto,
mas estou meio receosa com esse cara por aqui..


Ele entende o que ela quis dizer, sem nem ao menos precisar olhar para o sujeito.

Sophytia escreveu:

Ela suspira e come mais um pedaço de carne - Mas diga...o que queria falar ... ?

- É justamente sobre sua ida para Vasta, Sophi-Sama. Eu estava pensando se você não gostaria de companhia para essa empreitada...Tenho vontade de ver se consigo alguns materiais uteis, e como você sempre anda por aquelas bandas...mas essa historia desse forasteiro também chamou minha atença...você acha que Vougan pode lidar com ele?


Evita olhar para o forasteiro, mas foca a atenção na expressao de Sophytia, em relação ao mesmo.

******************************************************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 26 Jun - 8:25

Vougan se senta em frente ao homem e sorri para o mesmo.

- Com certeza meu caro, Cassandra faz o melhor assado do vilarejo. E olha que temos
boas cozinheiras por aqui…
- comenta enquanto nega educadamente o assado oferecido.

Pouco depois de se sentar Cassandra se aproxima com uma grande caneca de carvalho
com uma cerveja escura e serve Vougan enquanto se dirige a Ferrys:

- Caso deseje algo mais basta me chamar.. - logo em seguida segue para o balcão e puxa
a orelha de um garoto que acabara de chegar.

Vougan então se vira para Ferrys e após um longo gole comenta de maneira corriqueira,
sem demonstrar muito interesse, porém seus olhos demonstravam preocupação:

- Onde estão meus modos, sou Vougan… um dos fundadores desse vilarejo… Fundador na
verdade é muita coisa, apenas ajudei um sobrevivente aqui, outro ali e acabamos por no
assentar neste lugar. Mas diga-me o que o traz por estes lados…? Afinal não é fácil nos localizar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sophytia

avatar

Feminino Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 31/07/2015

Ficha Vasta
Jogador: Van Blood.
Sexo: Feminino.
Raça: Humano.

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 26 Jun - 9:04

Ninja escreveu:
- É justamente sobre sua ida para Vasta, Sophi-Sama. Eu estava pensando se você não gostaria de companhia para essa empreitada...Tenho vontade de ver se consigo alguns materiais uteis, e como você sempre anda por aquelas bandas...mas essa historia desse forasteiro também chamou minha atença...você acha que Vougan pode lidar com ele?

- Eu realmente espero que sim, afinal se ele não pode...quem mais poderia ?

Dito isso Sophytia assovia para Cassandra deixando três moedas no balcão e se levanta.

- Bom, preciso passar em casa antes de seguir viagem. Vou apenas pegar algumas coisas e
seguiremos para Vasta. Acho que cerca de três dias são o suficiente para vasculhar o porto.
Na volta precisamos caçar para a taverna, Cassy precisa abastecer o estoque.


Já de pé Sophytia olha mais uma vez para o forasteiro e segue em direção a porta da taverna, enquanto fala para Tatsu.

- Vc já está pronto para partir ?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 26 Jun - 12:24

Ferrys continua comendo seu assado, enquanto Vougan se apresenta.

- Meu nome é Ferrys. E não foi fácil encontrar aqui mesmo, não...

Ele dá uma golada em sua bebida.

...mas com um pouco de insistência, e por um preço, sempre conseguimos informações e direções o suficiente.

Ferrys olha para Vougan, lendo a preocupação em seus olhos.

- Vougan, certo? Fui contratado para um trabalho, ao qual já fui pago, e pela minha honra, não posso deixar de executá-lo.

Inconscientemente, Ferrys acaricia seu antebraço com a outra mão, e deixa seu olhar se perder por alguns instantes.

- Nem tão pouco devolver o que foi pago...

Logo em seguida, Ferrys foca novamente em Vougan.

- Portanto, aqui estou...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 26 Jun - 12:57

Andarilho escreveu:
- Meu nome é Ferrys. E não foi fácil encontrar aqui mesmo, não...

Vougan sorri enquanto de um gole a mais na cerveja escuro, que descia suave.

Andarilho escreveu:
...mas com um pouco de insistência, e por um preço, sempre conseguimos informações e direções o suficiente.

Nesse momento o sorriso de Vougan some, e sua expressão fica séria, quase com as sobrancelhas
cerradas, imaginar que alguém do refúgio ou que já passara por ali, vendeu sua localização fez o
guerreiro cerrar os dentes.

Andarilho escreveu:
- Vougan, certo? Fui contratado para um trabalho, ao qual já
fui pago, e pela minha honra, não posso deixar de executá-lo….- Nem tão pouco devolver o que
foi pago..- Portanto, aqui estou...

Vougan observa o forasteiro fazer um gesto simples, apoiado na mesa o ruivo leva a mão ao
punhal que guarda perto ao peito, mas quando o forasteiro toca o braço Vougan relaxa e bebe
mais um gole de cerveja.

- Bom… esse é um lugar que não está acostumado com gente de fora, e os poucos contatos que tivemos com estranhos não foram dos mais amigáveis… Como um dos protetores deste lugar creio que pode me contar a natureza de seus negócios por aqui… e se realmente não serve a nenhum dos deuses que nos jogaram nessa desgraça..

Ao citar os deuses o grande ruivo da uma cuspida no chão, seu rosto já não carregava mais aquele ar jovial com que estava até agora,
suas sobrancelhas estavam completamente cerradas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 26 Jun - 13:27

Ferrys olha a expressão fechada de Vougan, ao falar dos deuses. Mas não se abala, nem muda de expressão. Na verdade, concordava com o ruivo...

- Aquele que me contratou parece que tinha um apreço muito grande pelo antigo reino...

Leva o copo à boca, para mais um breve gole.

- Até onde sei, ele não seguia nenhum dos deuses de que tanto falam. E não estou aqui por nenhum deles, quer existam ou não.

Ferrys olha ao redor. A animação e aparente tranquilidade era diferente do que esperava encontrar. Em seguida, volta novamente sua atenção a Vougan.

- Se é um dos protetores desta vila, talvez meu contratante estivesse errado sobre a situação de vocês. Vocês todos parecem muito bem, e felizes, por aqui...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 26 Jun - 14:06

Vougan respira fundo e olha em volta, a taberna já estava animada e muitas pessoas comiam
alegremente. Ali quase sempre era assim, aos poucos os sobreviventes da guerra foram
retomando o gosto pela vida, porém mesmo os homens mais jovens que nasceram já no
refúgio, ainda tinham pesadelos com os horrores que seus pais descreveram sobre Vasta.

- É ... realmente a vida é boa aqui. Muitos bons homens e mulheres se esforçam para que os
dias sejam seguros, e mesmo com nossas crianças entediadas e querendo se aventurar na floresta,
ao menos conseguimos mantê-las vivas.


Vougan bebe o último gole de sua enorme caneca, a põe na mesa e fixa o olhar por um tempo
no lustroso carvalho da caneca.

- É duro, mas mantemos a paz e os que não são preparados longe de Vasta.

Vougan se levanta da mesa com a caneca nas mãos.

- Então meu caro Ferrys, se você veio pela nossa segurança saiba que estamos bem e seja
bem vindo… Mas qualquer outro assunto que tenha a tratar que diz respeito a esse vilarejo
de alguma forma que não nos agrade, saiba que não só eu, mas todos nós que protegemos o
vilarejo já estivemos em guerra e temos sangue nas mãos… Não seria problema sujá-las novamente.


Ele então faz um aceno com a cabeça e segue para o balcão, onde os homens que entraram com
ele na taberna estavam, eles enchem a caneca de Vougan novamente e começam a conversar com
algumas gargalhadas altas escapando.

Ferrys pode ver que o clima da taberna era de diversão, os velhos se amontoavam em cantos
conversando e comendo, enquanto os jovens dançavam pelo salão.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninja

avatar

Masculino Número de Mensagens : 3204
Idade : 23
Localização : Entre o vale da morte
Data de inscrição : 11/05/2010

Ficha Vasta
Jogador: Ninja
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 26 Jun - 14:40

Sophytia escreveu:

- Eu realmente espero que sim, afinal se ele não pode...quem mais poderia ?

Ele dá os ombros, Sphytia estava certa, não havia mais nada a se fazer alem de esperar para ver o que iria acontecer.

Sophytia escreveu:

- Bom, preciso passar em casa antes de seguir viagem. Vou apenas pegar algumas coisas e
seguiremos para Vasta. Acho que cerca de três dias são o suficiente para vasculhar o porto.
Na volta precisamos caçar para a taverna, Cassy precisa abastecer o estoque.


Tatsu se concentra um pouco e tenta guardar o rapido roteiro da viagem, apenas concorda com a cabeça.

Sophytia escreveu:


- Vc já está pronto para partir ?


Ele concorda apenas concorda com a cabeça, mas suas palavras saem um pouco diferentes:

-Eu estou com tudo pronto, tenho apenas que passar na minha casa também, para pegar as coisas.

Diz isso enquanto pega o copo que Cassandra havia posto para ele, virando tudo de uma vez e deixando uma moeda em cima do balcão.

-Mata ne, Cassandra-sama, tudo estava perfeito como sempre. - Diz enquanto faz uma pequena saudação.

Pega suas Katanas na bancada e se dirige a Sophytia
-Onde posso encontrá-la, Sophie-Sama, para podermos partir?

Tradução:
 

******************************************************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Ter 26 Jun - 17:15

Embora tenha sido uma ameaça velada, Ferrys não se abala com a afirmação de Vougan. No fim, o ruivo queria mostrar que se importava, que estava ali por todos.

Isso era bom. Pessoas que se importam são a chave para a vitória.

Porém, o desânimo, que não o atingia desde que havia iniciado sua viagem, retoma. A sensação de que tudo aquilo era suicídio volta a crescer. Alguns daqueles homens eram aparentemente fortes, e poderiam ser uma força poderosa.

"Mas são tão poucos..." - pensa, enquanto esfrega a mão em seu rosto, tentando raciocinar. Mesmo que a taverna estivesse animada, ele havia visto muito poucos. Achou que fosse por estarem bem escondidos, auxiliados pelo próprio terreno. Esperava estar enganado, mas tinha visto poucos...muito poucos por ali.

"Você não estará sozinho, Ferrys. Fará parte de um grande grupo. Outros também irão." - As palavras de seu mentor, pouco antes de partir deste mundo, voltam com força em sua mente perturbada. Mas, o que faria enquanto os outros não chegavam? E se chegassem tarde? E...se não chegassem?

Ferrys levanta o braço, acenando para Cassandra. Em seguida, levanta seu caneco vazio, mostrando seu desejo por mais uma rodada.

"Perguntarei a Cassandra se algum outro forasteiro apareceu pela região..."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sophytia

avatar

Feminino Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 31/07/2015

Ficha Vasta
Jogador: Van Blood.
Sexo: Feminino.
Raça: Humano.

MensagemAssunto: Re: Salão   Qua 4 Jul - 19:54

Ninja escreveu:
-Eu estou com tudo pronto, tenho apenas que passar na minha casa também, para pegar as coisas.

- Perfeito... assim podemos partir mais rapidamente.. - Sophytia segue em direção a porta enquanto Tatsu pagava por seu consumo.

Ninja escreveu:
-Onde posso encontrá-la, Sophie-Sama, para podermos partir?

- Me encontre em casa... preciso conferir algumas coisas antes de irmos.. - Ela então passa pelas portas da taverna
e segue em direção ao patio central do Vilarejo, onde a floresta começava..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Qua 4 Jul - 20:39

Andarilho escreveu:
Ferrys levanta o braço, acenando para Cassandra. Em seguida, levanta seu caneco vazio, mostrando seu desejo por mais uma rodada.

Cassandra estava atrás do balcão, a taverna já estava bem cheia e muitos conversavam uns com os outros de forma que Ferrys podei perceber que todos se conheciam.

Cassandra olha rapidamente em direção a Ferrys e o vê acenando, em seguida segue em direção a um menino que estava andando por perto do balcão.
Logo em seguida o garoto corre em direção a mesa de Ferrys com uma jarra na mão..

- Deseja algo mais senhor .. -Enquanto enche a caneca novamente..
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Qua 4 Jul - 21:22

Todos que estavam na taverna, um pouco mais próximo da entrada e com menos álcool na cabeça ouviram..



aaaaaaaaaaaaaaaaaaaa





AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA





AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA





Seguido de um barulho oco quase perto da porta da taverna.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninja

avatar

Masculino Número de Mensagens : 3204
Idade : 23
Localização : Entre o vale da morte
Data de inscrição : 11/05/2010

Ficha Vasta
Jogador: Ninja
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Seg 9 Jul - 10:57

Sophytia escreveu:

- Perfeito... assim podemos partir mais rapidamente.. - Sophytia segue em direção a porta enquanto Tatsu pagava por seu consumo.

-Estarei la, pode ter certeza. Diz pondo seu chapéu na cabeça e se dirigindo a saida

Sophytia escreveu:

- Me encontre em casa... preciso conferir algumas coisas antes de irmos.. - Ela então passa pelas portas da taverna e segue em direção ao patio central do Vilarejo, onde a floresta começava..

Apenas concorda com um aceno na cabeça enquanto se dirige a saida tambem. Pensava no que poderia conseguir com essa expedição.

******************************************************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Seg 30 Jul - 15:47

Ferrys sorri para o garoto, enquanto este enche seu caneco.

- Jovem, gostaria de saber se...

Ferrys se cala ao ouvir o grito cada vez mais alto, e o barulho em seguida. Observa os presentes, analisando suas reações. Seu ímpeto era o de se levantar e ver o que aconteceu, mas não faria nada suspeito, antes de entender a reação dos presentes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Qui 9 Ago - 8:55

FERRYS

Andarilho escreveu:
- Jovem, gostaria de saber se...

Ao ouvir o grito vindo de fora, alguns dos clientes se levantam e vão até a porta, assim como o garoto que enchia sua caneca,
ele corre com a jarra cheia para tentar bisbilhotar o que estava acontecendo, deixando cair respingos da bebida no chão.

Ferrys apesar da curiosidade permaneceu sentado, olhando alguns dos clientes se levantando e indo para a porta ele pode reparar
entre um gole e outro na caneca que a sua frente havia uma escada, a mesma seguia para cima e acabava em uma sombra escura.

Ferrys se recorda que a dona do lugar havia dito não haver quartos disponíveis, mas havia um segundo andar, e não era o depósito do taverna,
pois diversas vezes durante a noite ele pode observar ela entrar em uma porta atrás do balcão para voltar com mais barris de cerveja.

Aquela escada o intrigou, e a cada gole ele não podia deixar de olhar em sua direção.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Salão   Qua 15 Ago - 11:32

Ferrys não consegue deixar de pensar quais segredos estariam escondidos ali. Com a confusão do lado de fora, talvez fosse uma boa oportunidade de descobrir o que aquele local escuro escondia.

Observa se havia alguém prestando atenção nele, e se o caminho estivesse limpo, aproximaria-se da escada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Salão   Qua 15 Ago - 12:55

*** Tellwyahonnius***

Vougan observava o velho e atrofiado ser falar sobre sua vida e de onde viera,
entre um gole e outro o velho afalava muitas coisas que Vougan sequer sonhava existir.

Tellwyahonnius escreveu:
-"Conhecem os Planos, caros amigos? A existência de outras dimensões é familiar à sua cultura?"

- Sim… Temos conhecimento de outros planos por aqui … O plano do Deuses, os seres que nos fizeram viver como escondidos como ratos… - Ele comenta com um olhar severo.

Caneca atrás de caneca o gnomo vai falando sobre suas viagens e experiências.
Vougan não entendia metade do que ele falava, mas lhe dava atenção mesmo assim… afinal
dois estranhos na mesma noite… talvez o refúgio não seja mais tão seguro.

O jeito do velho o fazia se recordar de algo, enquanto ele falava e falava Vougan se perdeu
tentando buscar de onde conhecia aquela criatura…  então se lembrou que há muito tempo,
perto de sua aldeia em vasta havia um homem que lembrava em muito esse pequeno ser,
suas ideias malucas e aparelhagem estranhas que viviam penduricadas eram motivos de chacota,
e nunca mais depois da guerra ele conheceu alguém daquele jeito.

Voltando-se ao velho a sua frente ele comenta como quem apenas não tinha o que falar, mas com uma atenção em seus olhos:

- Então, pelo que entendi, foi um acidente vir parar aqui… - Um grande gole na cerveja - … E agora
que está aqui, não querendo ser rude, acho que deve voltar, antes que outros venham atrás de você.


Ele olha para o líquido dentro da caneca -  A não ser que aqui realmente tenha algo que você busca…
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Salão   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Salão
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Salão Real
» Capítulo 1: As Sombras da Floresta
» Salão para Eventos
» Salão Indoor
» Cozinha do Exercito e Salão de Refeitório

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampiros do Brasil :: PIF - Play In Fórum :: A Herança de Vasta: O Reino Caído :: Onn Game :: Refúgio :: Taberna Escudo de Carvalho-
Ir para: