Vampiros do Brasil
Seja Bem vindo ao Fórum Vampiros do Brasil!!!

Para ver o conteúdo Completo do nosso Fórum
Faça Login ou registre-se.

Além de você se registrar estará ajudando o Fórum a crescer.
Como usuário registrado poderá Comentar, Postar e ainda fazer muitos amigos.

Equipe Vampiros do Brasil



 
InícioRegistrar-seConectar-se
Olá Convidado...Seja Bem Vindo(a) ao Vampiros do Brasil. Onde todos os jogadores de RPG se reúnem em um só lugar !
Deseja jogar nos PIF's de Vasta ou Bela Noite?
Mande uma Mensagem Privada para nossos Moderadores.

Compartilhe | 
 

 Cidade

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Cidade   Qui 27 Set - 12:56

Relembrando a primeira mensagem :



A cidade era a um dos poucos lugares que ainda estavam de pé pós guerra, porém estavam de
pé justamente porque seus governantes e grande parte de tripulação obedeciam aos Orcs que dominaram o reino.

O lugar não era agradável, caminhando pelas ruas era possível sentir o cheiro do esgoto a
céu aberto, os ratos enormes como gatos caminhavam livremente por entre as pessoas, a cada
casa uma prostituta abordava algum transeunte tentando garantir o dinheiro do dia.
Era realmente um lugar decaído, porém ainda assim se mantinham de pé sobre as ordens de tiranos.
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
LILITH_AGAIN

avatar

Feminino Número de Mensagens : 3396
Idade : 33
Localização : Lugar nenhum..
Data de inscrição : 14/09/2009

Ficha Vasta
Jogador: Lilith
Sexo: F
Raça: Elfa

MensagemAssunto: Re: Cidade   Qui 25 Out - 16:27

As coisas estavam ficando confusa. O recém chegado com o braço machucado sugere um abrigo. A esta altura, qualquer lugar é lugar.

O lugar ali não era mais seguro. A tavrrneira estava começando a acordar. Era melhor não ficar mais ali.

Justamente quando esse pensamento lhe ocorre Aisha a segura pelos braços para fugirem pelos fundos.

- Já era hora, não? Vamos dar o fora desse pulgueiro.

A druida olha para a taverneira levantando a cabeca e desorientada. Ela ainda lembra da sugestão da taverneira. Olha para a moça que tinham tentado libertar...

- Mas antes vou terminar uma coisa.

Ela pega a maça e acerta com toda força na cabeça da taverneira.

- agora podemos ir. Ela não vai mais desvirtuar e desgraças com nada nesse mundo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://lilith-aluanegra.blogspot.com/
Ninja

avatar

Masculino Número de Mensagens : 3204
Idade : 23
Localização : Entre o vale da morte
Data de inscrição : 11/05/2010

Ficha Vasta
Jogador: Ninja
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cidade   Qui 25 Out - 17:11

O local estava vazio, o que era bom. Não pretendiam morar ali, então, como base temporária, estava otimo.

O telhado era um risco, então ele escala por ele, e se põe a observar, de maneira oculta, as redondezas, tenta achar seus amigos, e talvez algo que fosse suspeito.

Ele mantem seu arco em uma posição de facil saque, montando vigia enquanto se ocultava nas sombras.

******************************************************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remy

avatar

Masculino Número de Mensagens : 136
Data de inscrição : 17/03/2010

Ficha Vasta
Jogador: Pauan
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cidade   Sab 27 Out - 1:55

Muita adrenalina e um sentimento de urgência tomava o lugar.
Sem pensar muito, Remy seguia as garotas que acabaram de conhecer, aliás uma delas tinha que dar um jeito na sua mão quebrada.
Enquanto procuravam a saída dos fundos, Remy surrupiaria qualquer comida fácil de pegar com uma mão que estivesse no caminho.

-Parece que há um lugar próximo em que podemos nos refugiar por enquanto. Haverá uma água sobrevoando a área.

Remy diz para as garotas e então olha para cima procurando qualquer sinal do pássaro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cidade   Seg 29 Out - 15:51

***Remy, Aisha e Liah ***

Os três estranhos saem correndo pela porta dos fundos, a primeira vista foi um tanto perturbadora,
montanhas e mais montanhos de lixo, dentre elas crianças esquálidas e maltrapilhas disputavam
alimento com ratos do tamanho de suas cabeças.

A rua era suja, e ali o cheiro de urina era mais forte que na rua principal, só havia um a seguir
por aquele lugar, porém Remy reconheceu que era o mesmo sentido de onde viera.

Ao longe contra a luz do sol de fim de tarde, Remy avista uma águia sobrevoar em circulos um
local distante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remy

avatar

Masculino Número de Mensagens : 136
Data de inscrição : 17/03/2010

Ficha Vasta
Jogador: Pauan
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cidade   Ter 30 Out - 0:44

Remy olha com pena para as crianças, o que quer ele tenha pego na cozinha da taverna ele joga para elas. Com a visão da águia, no entanto sua atenção muda de foco. Apontando para o céu ele chama as garotas.

-Olhem, por ali. Vamos tentar não chamar muita atenção. - diz ele tentanto esconder a mão ferida e tentando ignorar a dor.

Ele começa a seguir em direção a águia, fazendo um gesto esperando que as duas o seguissem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remy

avatar

Masculino Número de Mensagens : 136
Data de inscrição : 17/03/2010

Ficha Vasta
Jogador: Pauan
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cidade   Ter 30 Out - 0:52

Remy olha com pena para as crianças, o que quer ele tenha pego na cozinha da taverna ele joga para elas. Com a visão da águia, no entanto sua atenção muda de foco. Apontando para o céu ele chama as garotas.

-Olhem, por ali. Vamos tentar não chamar muita atenção. - diz ele tentanto esconder a mão ferida e tentando ignorar a dor.

Ele começa a seguir em direção a águia, fazendo um gesto esperando que as duas o seguissem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
LILITH_AGAIN

avatar

Feminino Número de Mensagens : 3396
Idade : 33
Localização : Lugar nenhum..
Data de inscrição : 14/09/2009

Ficha Vasta
Jogador: Lilith
Sexo: F
Raça: Elfa

MensagemAssunto: Re: Cidade   Ter 30 Out - 13:03

A druida observa o rapaz guiar o caminho. Aquele lugar fedia. Como humanos poderiam ser tão asquerosos! Ela da um assovio para chamar Salem... que brota de algum lugar, salta e começa a escalar suas costas cravando as unhas para se firmar e só para quando alcança seu ombro. Onde se põe a deitar.

-Como sempre ... na hora da confusão você some...

Ela afaga o gato e continua a andar..

[Olhem, por ali. Vamos tentar não chamar muita atenção.]

A druida abre um sorriso de larga escala e olha para Aisha... no curto período que estavam juntas a druida ja pode ter uma unica certeza... Elas não conseguiam passar sem chamar muita atenção. Aparentemente a atenção sorria para elas... sempre acompanhada de uma bela confusão.

- Sem chamar muita atenção. Vou tentar me lembrar disso..

Ela se põe a andar do lado dele..

- Ta doendo muito isso ai?

Diz olhando para o braço...

- Não foi a intenção. Não calculei os riscos por conta da podridão da madeira.

Ela sorri sem graça... Já havia avistado a águia... o melhor seria apressar mais os passos.. E assim ela se põe a andar um pouco mais rápido..
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://lilith-aluanegra.blogspot.com/
Remy

avatar

Masculino Número de Mensagens : 136
Data de inscrição : 17/03/2010

Ficha Vasta
Jogador: Pauan
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cidade   Qua 31 Out - 13:13

Druida escreveu:


- Ta doendo muito isso ai?


-Não... - mentiu - Mas se você quiser dar um jeito nisso logo antes de irmos pro esconderijo, eu não me importaria

Disse ele tentando sorri confiante, mostrando os dentes podres de Sandor. Enquanto falava, sua voz começou a apresentar oscilações, como se estivesse mudando entre duas pessoas. Algumas distorções também pareceram se apresentar em seu rosto, mas mais sutis, voltando ao normal logo em seguida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
LILITH_AGAIN

avatar

Feminino Número de Mensagens : 3396
Idade : 33
Localização : Lugar nenhum..
Data de inscrição : 14/09/2009

Ficha Vasta
Jogador: Lilith
Sexo: F
Raça: Elfa

MensagemAssunto: Re: Cidade   Qui 1 Nov - 10:42

A druida olha pro rapaz que diz que o braço não incomodava. Mas a oscilação em sua voz a faz pensar que ele estava tentando parecer forte.

Ela olha para os lados... para e estende a mão para ele..

-me de a mão..

Pior que tá não fica, né? Claro que fica! Mas ela tinha que corrigir isso..

Então se concentra. Se desliga de tudo ao redor. Sabia que se acontece algo aisha podia dar conta. E o rapaz não estava sozinho. Então ela tinha reforços. Tinha né?

Com a mente vazia ela se concentra no ferimento. E evoca os poderes para fluir dela para o rapaz... curando aquele braço...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://lilith-aluanegra.blogspot.com/
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cidade   Seg 5 Nov - 6:36

*** Remy, Aisha e Liah***

Após caminharem por entre aquelas ruas desoladas, os viajantes avistam a cabana que a enorme
e majestosa águia sobrevoava, era fora da visão da cidade, porém ainda perto o suficiente para
um ataque.

Ao entrar no lugar eles observam que não tinha muitos cômodos, uma cozinha com diversos
pedaços de tijolos soltos e quase virando poeira, uma sala que estava apinhada de madeira
velha e um quarto que não tinha nada mais que um amontoado de palha no canto.

No telhado da sala, um enorme buraco deixava o anoitecer a vista. Os três viajantes observam
que não há movimentos dentro ou fora da cabana, apesar de Tatsu ter vindo na frente.

***************************

***Tatsu***


Tatsu observa os viajantes se aproximar, ele reconheceu Remy ainda sob a forma oscilante
do capanga que os atacara, porém as duas mulheres que o acompanhava ele não lhe era familiar.

Talvez fosse Sophytia e a parceira de Remy sob o mesmo feitiço que ele, mas .. e se não fosse ?

Olhando em volta ele percebe que sua parceira e a pirata ainda não se aproximavam, o que
era preocupante naquela terra desconhecida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lucith

avatar

Feminino Número de Mensagens : 1561
Idade : 32
Localização : Somewhere over the rainbow
Data de inscrição : 19/04/2009

Ficha Vasta
Jogador: Lucith
Sexo: Feminino
Raça: Humana/tiefling

MensagemAssunto: Re: Cidade   Qua 7 Nov - 8:02

Aisha vê as crianças famintas no caminho e sente pena... e uma empatia de quem já esteve na mesma situação. Ela se lembra dos tempos em que roubava comida nas barracas da distante Abdur, onde quase perdeu a mão três vezes. Ela cogitou em tocar uma musica que acalmasse os corações delas, mas elas precisavam ser discretas.... então ela baixa a cabeça, e segue em frente junto ao estranho.

Confiar em estranhos não era muito a tática de Aisha, no entanto quando o inimigo do meu inimigo se mostra necessário, é bom dar uma ponta de confiança; Ele estava fugindo também, além de atacar aquelas pessoas más, então ela o observa em silencio sem que a veja, e sorri em pensar que talvez existam mais pessoas boas nesse lugar.

Ao chegarem na casa, ela aponta para ela, um sinal que Labbu entende imediatamente como "varra o perímetro", e assim o lagarto esperto iria procurar por sinais de armadilhas ou invasores. Aliás, parece que todos tinham um companheiro animal nessa pequena sociedade recém formada.

Então ela cutuca o estranho, e faz um sinal com a cabeça para ele, e de ombros como se questionasse "Quem é você?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Remy

avatar

Masculino Número de Mensagens : 136
Data de inscrição : 17/03/2010

Ficha Vasta
Jogador: Pauan
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cidade   Seg 12 Nov - 5:16

Remy, ainda disfarçado de Sandor, se surpreende com o súbito movimento do réptil que antes ele falhara em perceber a existência.

-Olha que coisa... Todo mundo tem um bichinho de estimação.

Enquanto falava sua voz oscilava ainda mais entre dois timbres. Após dar algumas tossidas para ver se limpava as suas cordas vocais, percebe que a moça do lagarto esperava por algumas explicações.

-Perd.. - Ele começou a falar, mas algo soava errado. Então, dando mais duas tossidas, não só sua voz parecia oscilar, mas sua imagem também apresentava algumas distorções, como se suas cores evaporassem, e após a última tossida toda a reminiscência da imagem de Sandor dissolveu-se no ar. A nova imagem que aparecera era de um jovem de pele morena e cabelos lisos negros carregando vários acessórios adornados com pedrinhas coloridas, vestindo roupas exóticas e lenços que se enrolavam e despendiam de seu corpo como capas e cachecois. Ele olha para sua mão que estava ferida antes, abrindo e fechando-a, então com um sorriso de contentamento prossegue.

-Perdoem meus modos. Eu sou Remy, e o rapaz que corre pelos telhados... na verdade eu não lembro o nome dele, não lembro se ele sequer se apresentou. Parece que ele não é de falar muito, mas não parece ser pessoa má. Temos mais duas companheiras nos acompanhando que provavelmente devem estar à nossa procura. - Ele olha para fora a procura de um sinal dessas pessoas - Fomos atacados há alguns momentos atrás, os bandidos levaram a pior, mas alguns conseguiram fugir. Então resolvemos rastreá-los e descobrir onde eles guardam suprimentos. Apesar de viverem nesse buraco eles pareciam estar indo bem de vida. - Ele faz uma pausa e volta-se para a moças novamente.- Acho que cada um de nós tem um objetivo diferente aqui. Mas já que aqui estamos todos, independente do nosso final objetivo, nosso foco deve ser sobreviver a essa terra hostil, e para isso seria bom contarmos com a ajuda de uns aos outros. Vocês duas parecem não pertencer a essa... droga.. como que se diz... krakhranta... esse lugar muito ruim e fedoroso. Não sei se cairam aqui por acidente ou se vocês tem um objetivo aqui. De qualquer forma temos que nos cuidar, entender melhor os perigos que nos cercam e nossas opções de sobrevivência.

Um sotaque marcante era presente em sua voz enquanto falava nessa nova forma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lucith

avatar

Feminino Número de Mensagens : 1561
Idade : 32
Localização : Somewhere over the rainbow
Data de inscrição : 19/04/2009

Ficha Vasta
Jogador: Lucith
Sexo: Feminino
Raça: Humana/tiefling

MensagemAssunto: Re: Cidade   Seg 12 Nov - 13:26

Aisha observa atenta a mudança repentina de voz, era mais que notável. Talvez ele tivesse mais de uma
voz, como ela mesma as vezes manifestaria, no entanto ela acreditava que era mais complexo que isso.

Em resposta, Aisha não diz nada. Bem... ela não poderia... então ela faz um gesto de cumprimento para Remy, e levanta seu pequeno caderninho escrito em letras garrafais e tortas:

AISHA
No que aponta para si mesma.

Ela então olha a volta, e parece iluminar o olhar com o que parece ser uma idéia. Talvez ela possa ajudar Remy em agradecimento, antes de iniciar uma desastrosa conversa!

Ela levanta o braço direito, e uma pequena pulseira tintila no que parecem pequenos pingente de instrumentos musicais. Seus adereços sob as mangas largas revelam joias simples mas estrangeiras, então ela abre a mão e um bandolim cresce de um pingente até seus braços. Suas mãos param no ar e ela continua imóvel.
Ela olha em total silêncio para Labbu, no que ele entende seu olhar...  o pequeno lagarto corre para o alto de uma arvore semi morta, e olha para todas as direções, prolongando sua língua para todas as direções. Ele então corre ligeiro para Aisha e faz um sinal positivo com a cabeça. Ninguém a vista, ela podia tocar...

Os dedos da jovem começam a dedilhar o violão, e uma musica suave começa a se espalhar. Atrás de Aisha, a imagem fantasmagórica de uma mulher de cabelos negros e ondulados, com olhos de maquiagem pesada e jóias elegantes entre panos de linho nobre e padrões armenios se revela atrás dela. De todos os lados, os dois ouvem a voz que canta a música... A figura tinha um olhar triste, como de uma mãe que partiu sem saber se o filho estava em segurança... mas a música era de acalento e acolhimento.



A música invoca rouxinóis em suas letras, implorando para que eles espalhem uma mensagem. Então invoca uma rolinha, uma cotovia e um falcão. Que a mensagem chegue a quem ela deseja encontrar... que as companheiras de Remy ouçam a suave musica tocar pelo ar até seus ouvidos e apenas o delas, para que entendam onde encontrá-los.

Curiosidade:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ninja

avatar

Masculino Número de Mensagens : 3204
Idade : 23
Localização : Entre o vale da morte
Data de inscrição : 11/05/2010

Ficha Vasta
Jogador: Ninja
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cidade   Sex 16 Nov - 7:26

Tatsu observa o grupo chegando...quem seriam aquelas duas pessoas? Seriam sophytia e a outra mulher? Ele começa a pensar que poderia mais ai ele percebe que a ilusão de Remy começa a oscilar, enquanto a das duas permanecia intacta. Não...não eram elas.

Havia algo que não estava batendo naquilo tudo.

Ele decide confrontar de frente o que estava havendo.
Ele desce do telhado ate uma posição comoda e pula la de cima, se pondo entre a porta e os três.


-Quem são vocês?-diz ele secamente-O que estão fazendo aqui?
Ele dirige a pergunta tambem a Remy, pois o mesmo estava junto delas.

******************************************************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sophytia

avatar

Feminino Número de Mensagens : 32
Data de inscrição : 31/07/2015

Ficha Vasta
Jogador: Van Blood.
Sexo: Feminino.
Raça: Humano.

MensagemAssunto: Re: Cidade   Sex 16 Nov - 8:26

Sophytia caminhava pelas ruas após receber a mensagem de Tatsu, ela seguia a localização
indicada pelo companheiro, porém não conseguia localizar o abrigo.

Sophytia para por um momento e olha em direção ao céu, seus olhos varriam as nuvens
em busca da enorme águia de Tatsu, porém apesar de conhecer muito bem a silhueta
de Yusa, ela não conseguia localizar a águia nos céus.

Pouco tempo depois de parar, Sophytia avista uma ave se aproximar, e uma doce cancão
chega a seus ouvidos. A canção preenchia sua cabeça e Sophytia então começa a caminhar
sem perceber muito bem para onde seguia.

Off: Willow ainda está comigo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lucith

avatar

Feminino Número de Mensagens : 1561
Idade : 32
Localização : Somewhere over the rainbow
Data de inscrição : 19/04/2009

Ficha Vasta
Jogador: Lucith
Sexo: Feminino
Raça: Humana/tiefling

MensagemAssunto: Re: Cidade   Sex 16 Nov - 10:19

Ninja escreveu:
-Quem são vocês?-diz ele secamente-O que estão fazendo aqui?

A jovem de menor estatura sorri desconfortavelmente.



E levanta um caderninho escrito tortamente:
AISHA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Cidade   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cidade
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» Los Angeles, a cidade dos ``anjos´´
» Ruas de Viridian - Despedida da Cidade Natal
» Sozinho e com novos objetivos em uma cidade desconhecida!
» A Cidade de Prata
» Cidade Subterrânea de Montreal

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampiros do Brasil :: PIF - Play In Fórum :: A Herança de Vasta: O Reino Caído :: Onn Game :: Centro de Vasta-
Ir para: