Vampiros do Brasil
Seja Bem vindo ao Fórum Vampiros do Brasil!!!

Para ver o conteúdo Completo do nosso Fórum
Faça Login ou registre-se.

Além de você se registrar estará ajudando o Fórum a crescer.
Como usuário registrado poderá Comentar, Postar e ainda fazer muitos amigos.

Equipe Vampiros do Brasil



 
InícioRegistrar-seConectar-se
Olá Convidado...Seja Bem Vindo(a) ao Vampiros do Brasil. Onde todos os jogadores de RPG se reúnem em um só lugar !
Deseja jogar nos PIF's de Vasta ou Bela Noite?
Mande uma Mensagem Privada para nossos Moderadores.

Compartilhe | 
 

 Cabana Abandonada

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Cabana Abandonada   Qua 19 Set - 9:41

Relembrando a primeira mensagem :



Próximo a entrada na floresta, havia uma cabana abandonada, não muito grande, nem mesmo confortável.
Seu último proprietário fora um corajoso caçador que se fora em uma missão a mais de cinco anos,
desde de então o lugar estava fechado.

O pó e as plantas em volta já grudavam as paredes, mas em um todo era um bom lugar para se abrigar.
As antigas coisas do caçador ainda estava no lugar, uma cama dura, peles empoeiradas espalhadas pelo chão, e alguns objetos pessoais.
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
LIV

avatar

Feminino Número de Mensagens : 139
Data de inscrição : 09/08/2018

Ficha Vasta
Jogador: LIV
Sexo: Feminino
Raça: Meio-elfa

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Qui 11 Out - 20:21

A admiração dos anciões gnomos, a saída tempestuosa do humano ou ida ultrajada e algo cabisbaixa do orc teriam causado, cada fato a sua maneira, reações diversas na pequena meio-elfa. Caso não houvesse um assunto muito mais urgente. Batendo palma uma única vez, a Maga encerrou a projeção luminosa dos planos e mundos, piscando algumas vezes, com a visão turva pelo regresso das estrelas às suas íris. Como Observadora de Astros, Liv tinha aprendido a armazenar aquelas informações com um simples contemplar do céu noturno. Mas, ainda assim, quase cegava por alguns instantes ao retomar as projeções. Trombou de leve contra uma quina da mesa tosca ao se dirigir para mais perto da porta de saída, piscando algumas vezes para retomar o foco, enquanto os gnomos debatiam acerca de como convidados deveriam reagir a insultos e como os mais velhos deveriam compensar a pouca sutileza dos jovens.

Mas nada daquilo importava. Recuperando completamente a acuidade visual, a Donzela da Guerra ergueu a mão esquerda acima da cabeça. E Legião singrou a distância como se magnetizada pela Maga, emitindo um silvo agudo e sinistro ao cortar o ar com a velocidade de um projétil, agarrada pelo punho como se tivesse sido criada para a pequena e delicada mão da garota. De posse da gigantesca espada negra, Liv se virou para o outro lado, para a janela, bem a tempo de segurar na mão direita o grimório que farfalhava em seu voo até a Astróloga, a corrente prendendo-se ao redor do ombro da garota como se movida por mão invisíveis.

- Preparem-se, senhores. A Guerra nos achou.

A vibração da arma havia diminuído agora que era empunhada, mas Legião ainda emitia um tinido fraco que era, sem dúvidas, prenúncio de carnificina.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sex 12 Out - 19:09

***Ferrys***

Ferrys observa ao longe a cabana, e pouco depois que saiu percebeu que o Orc também saíra
e começara a seguir por entre as trilhas da floresta. Ferrys então pode observar o vilarejo
calmo para além da cabana, algumas poucas pessoas começam a andar, enquanto vozes se
amontuavam em um murmurinho desconexo.

Porém o pouco sossego que aquela manhã proporcionou logo acabaria. Ferrys sente uma leve
tremulação no solo, e ao longe pode ouvir alguns uivos agudos se aproximando.
******************************************

*** Essien***

Essien caminhava absorto em seus pensamentos, sabia que sua raça era uma raça odiada,
e sempre o julgavam por sua raça antes de conhecer o que seu interior proporcionava.

Ele havia convivido com aquilo a vida inteira, mas de alguma forma, aquilo ainda o perturbava.
E o preconceito sempre vinha dos humanos, eles com seu ar superior, achando que conheciam
a tudo e todos, sempre eles eram os primeiros a julgar.

Essien caminhava pela trilha da floresta, afinal o outro lado levava ao vilaejo e mais humanos,
mais pré julgamentos, tudo o que ele não desejava agora.

Então ao longe ele pode escutar... seus ouvidos treinados identifica a movimentação de uma
orda, mas ao mesmo tempo que resmungos graves e grostecos eram espelidos, havia também
grunhidos finos, agudos... Essien apesar de seus anos de treinamento não identificou quantos
eram, mas eram muitos e vinham em sua direção.
******************************************

*** Todos que estão na cabana***


LIV escreveu:
- Preparem-se, senhores. A Guerra nos achou..

Pouco após suas palavras Liv pode sentir uma alteração no ar, quando Legião veio até suas
mãos a vibração acalmou, mas conforme a maga movimentou o corpo e Legião ficou na
direção de Weradir, ela pode sentir a vibração se itensificar novamente, porém logo não
era apenas Legião que vibrava e sim o solo.

Weradir e Tell sentiam a vibração do solo, poderia ser apenas impressão, mas Weradir sentiu
o fogo que aquecia sua carne se itensificar e oscilar. Algo se aproximava, cada fio de magia que
passava por seu corpo lhe dizia isso, a tensão caiu sobre a caverna.

Tell observa a horizonte, e apesar de não a estar usando, seus filtros mexiam levemente como
uma vibração.

O silência caiu sobre a cabana e a tensão aumentou, por fim, após alguns segundos, poderam
identificar que a vibração do solo eram passos, muitos passos, algo marchava em direção ao vilarejo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Essien

avatar

Masculino Número de Mensagens : 21
Idade : 99
Localização : Nuvem.
Data de inscrição : 16/06/2018

Ficha Vasta
Jogador: Arvedui
Sexo: Masculino
Raça: Orc

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Qua 17 Out - 9:36

O orc, ao mesmo tempo em que se compenetrava em sua ronda, refletia acerca do já tão conhecido preconceito que sofria a cada tentativa de interação com o outro. Aquela sensação não lhe era estranha, pelo contrário. Crescera com aquilo queimando em seu âmago. A grande luta de sua vida fora sempre deixar que aquilo não influenciasse suas emoções. Algo que, mesmo para um monge treinado, nem sempre era tarefa fácil.

Todavia, mesmo agora, o monge já sentia a calma invadir novamente sua mente, de modo que pode atentar para a execução de sua função como sentinela e, nesse momento, ouviu algo que identificou como a movimentação de um bom contingente. Aquilo, a princípio, assustou-lhe. Os resmungos mais graves, embora não houvesse certeza, poderiam muito bem pertencer a orcs ou alguma outra raça goblinóide de grande porte. Os grunhidos agudos eram um mistério, mas levaram mais preocupação à mente de Essien.

Quando percebeu que os sons aproximavam-se da direção em que estava (e, fatalmente, da própria cabana abandonada e, quem sabe, da vila), o senso de dever do monge falou mais alto que os ressentimentos.

Correu rapidamente rumo à cabana, abrindo a porta de súbito:

- Senhores, senhora... há um contingente marchando nesta direção. Não consigo precisar quantos são usando apenas os sentidos,mas são muitos. Creio que não só nós, nesta cabana, corremos risco, mas também a vila próxima. - o orc mantinha-se calmo, mesmo na situação de crise - Sugiro que alguém corra até a vila e avise às pessoas, ao menos para que permaneçam de prontidão. - acrescentou, por fim, de forma quase inaudível - Eu mesmo iria, mas não creio que serei bem recebido pelos vilões.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Qua 17 Out - 22:17

O barulho indicava que vários se aproximavam juntos. Não era um, ou dois, era um bando. Os sons que ouvia indicavam que aqueles que se aproximavam não seriam nada amistosos.

Instintivamente, esfrega a mão no antebraço esquerdo, pensativo. Estica o dedo indicador da mão esquerda, e se concentra por um breve período. Uma chama amarela, tremeluzente, surge na ponta do dedo, enquanto faz uma careta de dor. A sensação da pele queimando era tudo, menos agradável.

Ferrys não demora para dobrar o dedo, extinguindo a chama. No momento que a chama some, a dor some junto, deixando apenas a lembrança desagradável.

"Grande merda de poder esse..."

Ferrys, então, saca sua espada, e corre em direção à cabana. Antes de chegar, percebe que o orc havia voltado também. Por um momento, aquilo o desagrada, mas seu instinto agora era maior que seu raciocínio, e não via o orc como o inimigo a ser enfrentado.

Aqueles que se aproximavam, sim, deveriam sentir sua espada.

Assim que entra na cabana, escuta as últimas palavras do orc. Olhando rapidamente para todos os presentes, sente que era o mais fraco de todos, e responde prontamente ao orc.

- Eu vou. Pedirei a todos que se protejam em local seguro, e volto assim que possível.

Ferrys dispensa mais um breve olhar a cada um dos presentes, e então dá meia volta, correndo na direção do vilarejo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tellwyahonnius

avatar

Masculino Número de Mensagens : 27
Data de inscrição : 03/07/2018

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sab 20 Out - 16:18

O velho gnomo termina seu chá conforme seus estranhos conhecidos se preparam para enfrentar a iminente ameaça. A jovem donzela maneja a gigantesca espada e prepara seu grimório. O orc e o jovem arrogante retornam, aparentemente mudando a sua disposição em cooperarem um com o outro.

Nada como uma boa ameaça para unir as pessoas contra um inimigo em comum, não é mesmo?

O velho gnomo deposita a xícara sobre a mesa, e fica de pé. Ele retira uma série de peças de diferentes bolsos, e começa a montar seu equipamento. O som de metal estalando, molas encaixando e ferrolhos batendo ecoa pela cabana, e em breve a arma de Tellwyahonnius está montada e pronta para uso.



Ele gira os anéis de seu bracelete, que começa a emitir um suave pulsar de luz azul. Em seguida, ele gira algumas chavetas e alavancas na arma, que começa a emitir de seu cano principal a mesma luz azul pálida e pulsante

Tellwyahonnius abaixa seus óculos, e corre em direção ao orc.

-"Amigo, poderia ajudar este velho a alcançar o telhado? A iminência de uma batalha pede uma posição mais estratégica."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Seg 22 Out - 8:06

*** Ferrys ***

Ferrys segue em direção a vila para o único lugar que conhecera, a taverna, porém não havia
muito mais que alguns homens sentados, cerca de oito, bebendo no começo da tarde.

A maioria das pessoas, já tinham voltado aos seus lares após a noite de bebedeira, e Ferrys não
avistou de início a estalajadeira, pois Cassandra estava nos fundos limpando os resquícios da
noite anterior.

- Ferrys – Continue no salão da taverna


**************************          

*** Todos na Cabana ***

E então os ruídos ficaram mais altos, os passos que faziam o chão tremer cessaram. Essien que
ainda estava a porta, pode visualizá-los primeiro. Por entre as árvores surgiram mais de 15 Goblins,
fazendo algazarra e um barulho agudo que ecoava de maneira desagradável na cabeça, eram
soldados menores o monge sabia, armados com lanças e massas, com uma simples placa de metal
no peito, que em nada iria protegê-los, eram peões, apenas iscas para um ataque, mas 15 Goblins
não eram o suficiente para fazer o chão tremer.



E então… Essien viu, no fim da trilha que saia da cabana e se embrenhavam na floresta, pouco
mais de um metro atrás dos Goblins (que já quase alcançavam a Cabana), 5 orcs armados para
batalha, com armaduras quase tão duras quanto sua própria pele, e machados e lâminas afiadas,
sedentas pelo sangue do inimigo.



Mas o que Essien vira atrás dos Orcs, foi o que realmente chamou a atenção, uma imensa perna,
uma perna que por si só, era mais que o dobro do tamanho dos enorme Orcs a frente, cada passo
que aquela perna dava fazia o chão tremer … aquela era a ameaça maior.

O corpo acima da perna ainda não era visível graças as enormes árvores da floresta negra, porém
a cada passo da enorme criatura, grilhões se arrastavam entre os tornozelos, era um refém,
um escravo ou algo do tipo.

Um enorme urro veio de cima:


- A FRENTE… ELA ESTÁ LOGO A FRENTE.


Estavam em busca de alguém, ou algo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
InSanoSuke - O Implacável

avatar

Masculino Número de Mensagens : 1978
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 13/03/2010

Ficha Vasta
Jogador: InSanoSuke
Sexo: Masculino
Raça: Elfo / Gnomo

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Qui 25 Out - 13:44

Novanente sua refeição era interrompida. Dessa vez por algo que os ameaçava suas vidas. Weradir então junta suas coisas e apaga o fogo da carne com um rápida movimentos de mãos. "Pelo visto não será aqui, e não será agora o devido descanço". Pensou ele enquanto dirigia-se a passos ligeiros para fora.

Tellwyahonnious escreveu:
"Amigo, poderia ajudar este velho a alcançar o telhado? A iminência de uma batalha pede uma posição mais estratégica."

- E eu dira o mesmo. De lá teremos uma visão privilegiada. Só tente não explodir nada perto de mim com essas... essas coisas. Diz enquanto aponta para o bracelete, arma, e demais itens que o Mestre Gnomo carregava. Mas antes que pudesse chegar ao telhado, seu grimório abre em sua frente quase que instantaneamente. Goblins! A mais terrível das raças, usando equipamentos sujos e enferrujados, muitas vezes lâminas cegas e retorcidas, modificadas unicamente pela barbárie de seus atos, um bando deles. Sua visão torna-se tubular na presença dessas criaturas e apenas um comando toma-lhe a mente. Não sabia nem quantos haviam alí, mas precisavam ser exterminados. Eram uma ameaça.

- Naohm Ats Samman Dha Bod'Annahng Layuu K'hennsoul Aak'ka! - seus olhos se encandesceram, e a energua que vinha da base de seu corpo chicoteava por ele em tons de azul claro e amarelo. Suas mãos guiavam a energia até seu alvo. - Não fiquem em meu caminho criaturas das trevas! Pois o Mago é Implacável! Quando um lampejo de energia acontece o Élfico-Gnomo aproxima-se da ameaça deixando seus recém conhecido companheiros para trás  fazendo a eletricidade caminhar em direção do bando goblínico.

>> Thunderwave <<
Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Essien

avatar

Masculino Número de Mensagens : 21
Idade : 99
Localização : Nuvem.
Data de inscrição : 16/06/2018

Ficha Vasta
Jogador: Arvedui
Sexo: Masculino
Raça: Orc

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Qui 25 Out - 16:45

Tell escreveu:
-"Amigo, poderia ajudar este velho a alcançar o telhado? A iminência de uma batalha pede uma posição mais estratégica."

Essien toma o gnomo nos braços e, num só salto, atinge o telhado da cabana, deixando lá o companheiro. Ao que parecia, aquelas pessoas estranhas estavam disposta a lutar e isso contagiou o espírito de luta do monge. Afinal, todo orc tinha em si, correndo em suas veias, o frenesi da batalha. Deixando o gnomo, Essien deu um meio sorriso (que mais parecia uma careta) e desceu novamente para a frente da cabana.

A seguir, ficou observando, horrorizado, o contingente que avançava bem em direção à cabana. A princípio. Os aventureiros na cabana estavam em menor número. O monge não conseguia ver como derrotariam aqueles inimigos. Ainda que os goblins não representassem grande ameaça, os orcs poderiam ser um osso duro de roer - ele bem sabia. Sem falar na coisa imensa que caminhava atrás dos orcs. Todos juntos, então, seriam um adversário difícil de enfrentar.

Todavia, por algum impulso de loucura - ou talvez de confiança - Essien sorria. Não gostava de luta, mas a iminência da morte, representada por aquele contingente tão superior àquele de que fazia parte, incutia no orc o desejo alucinado de se provar. O monge evitaria a luta, o orc dentro - e fora - do monge ansiava por poder colocar à prova os ensinamentos que recebera.

- Infelizmente, perdemos a vantagem estratégica que a floresta poderia proporcionar...

Se houvesse uma batalha na floresta, Essien não tinha dúvidas de que poderia derrotar boa parte daqueles adversários, graças a sua agilidade. Contudo, naquelas condições, em campo aberto, a batalha seria bem mais complicada.

O monge, no entanto, esperou. Somente atacaria quando os adversários fizessem o primeiro movimento.

Voltar ao Topo Ir em baixo
InSanoSuke - O Implacável

avatar

Masculino Número de Mensagens : 1978
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 13/03/2010

Ficha Vasta
Jogador: InSanoSuke
Sexo: Masculino
Raça: Elfo / Gnomo

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Qui 25 Out - 21:20

Rolagem de dados para ataque
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van Blood

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4608
Idade : 27
Data de inscrição : 04/11/2008

Ficha Vasta
Jogador:
Sexo:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Qui 25 Out - 21:22

O membro 'InSanoSuke - O Implacável' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D20' :

Resultado : 15

******************************************************************
════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════

════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tellwyahonnius

avatar

Masculino Número de Mensagens : 27
Data de inscrição : 03/07/2018

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sex 26 Out - 6:00

Goblins! Pelos bigodes e a barba viçosa de Ymir, Goblins! De todas as raças do multiverso, a mais asquerosa, vil e deturpada acabara de ser regurgitada aos borbotões da Floresta!

Isso vai ser interessante, pensou o velho Gnomo. Ele se aproximou da chaminé da cabana, onde apoiou sua arma. Parou por um instante para avaliar a cena de combate. Os Goblins eram numerosos, mas haviam orcs e algo pior se aproximando. Calculou por alguns instantes e chegou a conclusão que seria melhor reduzir as forças inimigas antes de concentrar fogo nas ameaças maiores. Além do mais, matar Goblins era o dever primário de qualquer gnomo que preze por seus bigodes.

Tell engatilhou o ferrolho da arma e começou a atirar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sex 26 Out - 8:04

Dados para resistência dos goblins *Weradir*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van Blood

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4608
Idade : 27
Data de inscrição : 04/11/2008

Ficha Vasta
Jogador:
Sexo:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sex 26 Out - 8:04

O membro 'Narradora' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D20' :

Resultado : 5

******************************************************************
════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════

════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sex 26 Out - 8:36

*** Weradir ***

A tarde já estava em seu ápice, o sol ardia forte sobre a cabeça nua do gnomo, ele sentia seu corpo
estremecer e esquentar, mas em nada se relacionava ao sol. Sua energia começa a se espalhar pelo
corpo e após atingir cada molécula do mago ela fica visível para os demais.

Rais azulados começam a tremular no pequeno gnomo, a brisa leve que soprava por ali começa a
se concentrar e ficar rápida, logo um vento forte se formava acima do telhado da cabana.

O Mago Implacável escreveu:

>> Thunderwave <<

Das mãos do pequeno gnomo uma explosão de energia vai direto para o bando de goblins que
se aproximavam correndo de forma desordenada. Um goblin correndo na linha de frente parou
e observou o brilho azulado que vinha em sua direção seguido de um enorme estrondo que ecoou
por toda a floresta, fazendo os velhos tijolos da cabana abaixo estremecerem.

Uma rajada forte de vento varre as folhas ao chão da floresta, galhos secos e pedaços de tronco
voam para longe, o terreno arenoso se levanta com o vento, dificultando a visão do goblins frontais,
e em todo redor da cabana se ouve o barulho de galhos mortos despencando das árvores.

O impacto foi quase imediato, a explosão de energia se chocou a linha de frente atingindo sete
goblins dos quais três morreram instantaneamente pelo contato direto com explosão, seus corpos
foram arremessados para trás se chocando aos demais goblins espalhados.

Os quatro goblins restantes foram arremessados com violência para trás, um acertou um dos orcs
que vinha pela retaguarda fincando sua perna na ponta da lança do orc, o qual agarrou a criatura
grotesca e com um puxão que rasgou a perna do goblins ferido, o arrancou da lança e o jogou para
trás.

Outros dois bateram com tanta violência nos troncos negros das árvores que o estalar de suas
costelas foi audível para os mais próximos, dentre eles um sobreviveu ao impacto, mas suas
costelas partidas ao meio não permitiam que ele se levantasse, seus grunhidos de dor e desespero
se misturava aos gritos de raiva das pequenas criaturas, até que um orc se aproximou e esmagou
a cabeça do infeliz, aquele som molhado do cérebro sendo esmagado pelo crânio da criatura,
parecia ser o som mais alto da floresta.

O goblin restante se chocou com o de trás e ficou atordoado por um momento, até se recompor
e voltar a correr para atacar.

********************************************            

Weradir atingiu 7 goblins
- 3 morreram no impacto da magia
- 1 morreu após ser arremessados
- 1 morreu com a cabeça esmagada
- 1 um sobreviveu com uma perna inutilizada
- 1 sobreviveu
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sex 26 Out - 8:58

*** Essien ***

O monge sente uma forte rajada de vento limpando o campo a sua frente, com olhos atentos
ele observa seis goblins serem feridos com uma poderosa magia vinda do telhado. Ali de onde
estava ele não saberia dizer quais dos dois gnomos a conjurara, mas o pouco que conversou com
os demais, era quase certo que o mago implacável havia agido.

O goblins restantes que quase alcançavam a cabana, foram impelidos para trás com a grande
explosão, dando assim alguns metros de distância novamente.

Um zumbido passa perto de Essien, e termina com um barulho de estocada próximo a sua cabeça.
O monge então vê uma flecha fincada no batente de madeira da porta, balançando de um lado
para o outro pelo impacto. Com seu olhar atento o monge observa que da ponta da flecha
pingava um líquido amarelado.

Atrás dos goblins desordeiros, Essien viu que dois dos Orcs portavam arco e flecha,
um deles mirava no próprio monge, enquanto o outro mirava acima da cabana.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Tellwyahonnius

avatar

Masculino Número de Mensagens : 27
Data de inscrição : 03/07/2018

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sab 27 Out - 9:14

Rolagem de dados de ataque de Tell
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van Blood

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4608
Idade : 27
Data de inscrição : 04/11/2008

Ficha Vasta
Jogador:
Sexo:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sab 27 Out - 9:14

O membro 'Tellwyahonnius' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D20' :

Resultado : 13
Voltar ao Topo Ir em baixo
LIV

avatar

Feminino Número de Mensagens : 139
Data de inscrição : 09/08/2018

Ficha Vasta
Jogador: LIV
Sexo: Feminino
Raça: Meio-elfa

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sab 27 Out - 18:21


O caos ordenado da batalha tomava a frente da cabana quando Liv, última a deixar a proteção do abrigo temporário, ultrapassou a soleira da porta em direção à luta. Os companheiros estavam todos ocupados demais para notar o andar firme e cadenciado da pequena meio-elfa, empunhando a gigantesca espada do Deus da Guerra sobre os ombros, a face exibindo uma calmaria ímpar diante dos sons úmidos e grotescos que acompanhavam a morte. O humano havia retornado à vila - algo no qual ela via pouca necessidade - e os gnomos estavam seguros contra os orcs e goblins, abrigados em terreno elevado. A garota cruzou o olhar com Essien e percebeu a careta-sorriso do companheiro, brindando-o com um sorriso que era a imagem da compreensão: a Donzela da Guerra entendia o clamor que ia no sangue do monge guerreiro. Girou Legião de modo a trazê-la para a batalha e a espada vibrou, mas dessa vez de prazer, antecipando o sabor do sangue inimigo. Uma flecha possivelmente envenenada singrou o ar próximo. E Liv não parava de sorrir.

Empunhava a poderosa arma na mão hábil, e por isso levou a mão direita ao peito, batendo com o punho fechado:

- Armachd rionnag! - uma luminescência recobriu toda a figura da Maga e, diante dos olhos de amigos e inimigos, uma armadura negra como o vazio entre as estrelas plasmou-se sobre a garota, brilhando como aço frio, refletindo a luz do sol da tarde como uma poça de piche. Os cabelos cor-de-lua da meio-elfa agitavam-se aos ventos da batalha em um contraste febril com a armadura de trevas galáticas que a cobria agora do pescoço aos pés, onde pequenos entalhes em relevo pareciam mover-se e desenhar arabescos incompreensíveis para a maioria - mas identificáveis para demais Magos como glifos arcanos de proteção.

Ela havia escutado a voz estrondosa entre as árvores. Aquela horda estava procurando por "ELA", e isso bem poderia significar a vila adiante, mas havia maiores chances de que o alvo fosse de fato ela. Percebia que os companheiros gnômicos bem lidavam com os goblins a frente, e que a criatura gigantesca vinha em grilhões ao campo de batalha. E aquilo, mais que qualquer outra coisa, inflamou o sangue da Donzela da Guerra.

Erguendo Legião acima da cabeça, com os olhos sarapintados de estrelas onde um pequeno sol acobreado chamava atenção, a Maga levantou a mão direita contra os atacantes:

- Cearcall bàis! - e antivida desprendeu-se de seus dedos.

Spoiler:
 

Uma espécie de energia negativa, contraditória e gélida acelerou impiedosamente na direção das criaturas mais próximas. Mas, de onde estavam, tão próximos da Maga, a garota calculava que atingiria quase todos. No encalço da nuvem de terror e morte, de onde as harpias cantavam à espera de almas para dilacerar, vinha a meio-elfa, empunhando a gigantesca espada agora à frente.

Seu primeiro objetivo era libertar a enorme criatura. Ainda que seus companheiros não a entendessem. Ainda que isso pudesse desencadear um aumento da força e da ferocidade da criatura (não raro aquelas contenções eram usadas para tornar manobrável uma criatura cuja vilania excedia a de seus mestres). Ninguém deveria bater-se no campo de batalha em grilhões. Para o bem ou para o mal, a Guerra igualava e recebia a todos nos braços da Fúria. E não havia honra em arrastar para a morte alguém que não fosse livre.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Van Blood

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4608
Idade : 27
Data de inscrição : 04/11/2008

Ficha Vasta
Jogador:
Sexo:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Sab 27 Out - 18:21

O membro 'LIV' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D20' :

Resultado : 14

******************************************************************
════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════

════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Seg 29 Out - 16:07

***Tell***

Com sua mira focada nos goblins o Mestre Gnomo começou disparar, cada impacto fazia seu
pequeno corpo estremecer, porém ele focava naquelas vis criaturas com firmeza nas mãos.

Seus projéteis acertaram dois goblins diretamente na cabeça, não dando chance de desvio ou
esquiva, dessa forma a linha de frente estava praticamente dizimada. Com mais alguns tiros
ele feriu fatalmente mais um goblin na linha de trás, e feriu na barriga um quarto.

Porém quando um de seus projéteis acertou o resvalando o ombro de um orc, o gnomo percebeu
estar na mira do arqueiro.

******************************                

Tell e Weradir – rolem um D20 para esquiva.  



Última edição por Narradora em Ter 30 Out - 7:45, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
InSanoSuke - O Implacável

avatar

Masculino Número de Mensagens : 1978
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 13/03/2010

Ficha Vasta
Jogador: InSanoSuke
Sexo: Masculino
Raça: Elfo / Gnomo

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 0:20

Dado de esquiva do Mago implacável.


Última edição por InSanoSuke - O Implacável em Ter 30 Out - 0:21, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van Blood

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4608
Idade : 27
Data de inscrição : 04/11/2008

Ficha Vasta
Jogador:
Sexo:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 0:20

O membro 'InSanoSuke - O Implacável' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D20' :

Resultado : 3

******************************************************************
════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════

════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════
Voltar ao Topo Ir em baixo
Tellwyahonnius

avatar

Masculino Número de Mensagens : 27
Data de inscrição : 03/07/2018

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 6:03

Esquiva de Tell
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van Blood

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4608
Idade : 27
Data de inscrição : 04/11/2008

Ficha Vasta
Jogador:
Sexo:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 6:03

O membro 'Tellwyahonnius' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D20' :

Resultado : 20
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 8:01

Resistência Goblins - Ataque Liv.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van Blood

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4608
Idade : 27
Data de inscrição : 04/11/2008

Ficha Vasta
Jogador:
Sexo:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 8:01

O membro 'Narradora' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D20' :

Resultado : 12

******************************************************************
════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════

════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 9:15

*** Ferrys ***

Assim que chega ao local ele observa o caos que se instalara em pouco tempo.

Alguns corpos de goblins jaziam no chão, enquanto cerca de seis goblins ainda corriam para a luta,
para a surpresa do Andarilho ele notou um força de cinco Orcs, dois deles atacavam seus companheiros
com flechas, pela proteção das árvores.

O lugar parecia ter sido varrido por um tufão, o centro da batalha em frente a cabana estava quase
limpo, enquanto uma confusão de folha e galhos se espalhavam em volta. Porém a criatura que
jazia atrás dos orcs foi o que realmente surpreendeu Ferrys.

Poucos minutos depois da chegada de Ferrys, o mesmo escuta homens correndo em sua direção,
a frente de cinco homens Vougan se aproximava com uma enorme espada na mão. O olhar de
choque que se instalou no rosto do ruivo assim que ele se aproxima, seria um olhar que ficaria
marcado na mente do andarilho.

****************************************

***Liv ***


Uma enorme esfera negra surge na clareira em frente a cabana, os pequenos goblins que avançavam
ficam estáticos olhando para cima, ao mesmo tempo que seus corpos enfraquecidos caiam ao chão.
Ondas de energia negra estalavam em volta do círculo, e no olhar de cada inimigo aquele terror
crescia levando-os quase a loucura e a beira da morte.

Três dos seis goblins restantes caíram, porém não demorou muito para que a estabilidade da esfera
se abalasse. A enorme criatura acorrentada recomeça a andar, seus passos cobriam uma enorme
distância entre a cabana e sua posição. Saindo da proteção das árvores todos que lutavam contra
aquela orda que os atacavam sem motivos aparente ficaram estarrecidos com a visão.

Talvez os viajantes planares já tivessem visto tal criatura, mas a surpresa ainda assim recaiu sobre
o lugar. Derrubando algumas árvores a criatura se põe a vista, era triste e aterrorizando vê-la, seus
calcanhares estavam acorrentados, mas os braços jaziam livres, braços musculosos e gigantes, que
empunhavam um machado quase do tamanho do telhado da cabana. Seu rosto era um misto de
confusão...raiva, e do único olho centrado em sua face ele foca a maga que mantinha a esfera negra.



Do alto da criatura acorrentada todos avistaram um enorme orc, maior que os demais que lutavam
no chão, o mesmo estava de pé no ombro da criatura, com uma mão em sua cabeça e a outra segurando
um enorme cajado necromântico, de lá de cima ele urrava comandos para que os orcs
arqueiros acertassem os inimigos:



- Não deixem que nos afastem dela … ela clama por sangue… ela deve ser resgatada.


Os dois orcs arqueiros miram suas flechas envenenadas em direção a maga.

- Vastaidh Invocht Persant’aa.

Das mão do orc que jazia nos ombros da criatura saem rais negros que seguem diretamente para os goblins mortos no chão.

**************************************

D20 para magia de conjuração.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van Blood

avatar

Feminino Número de Mensagens : 4608
Idade : 27
Data de inscrição : 04/11/2008

Ficha Vasta
Jogador:
Sexo:
Raça:

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 9:15

O membro 'Narradora' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D20' :

Resultado : 19

******************************************************************
════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════

════════════५ﻶﻶह═════════════════════५ﻶﻶह════════════
Voltar ao Topo Ir em baixo
Narradora

avatar

Masculino Número de Mensagens : 223
Data de inscrição : 28/05/2009

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 9:45

*** Tell, Weradir, Ferrys e Essien ***

Spoiler:
 


- Ataquem… matem todos e tragam-na para mim…


Tell vês os ataques dos ocs ao chão, ambos miravam para cima do telhado, e o mestre
gnomo percebeu o quanto estavam expostos. Um dos orcs mira exatamente para ele, o gnomo percebe o exato
momento em que o mesmo solta a flecha e busca outra atrás de seu ombro, um pulo no momento certo e a flecha
cai sem alvo no terreno atrás da cabana.

Weradir observa a enorme criatura se revelar, e como se não bastasse tamanha desvantagem,
parecia que um necromante a controlava. Com o choque da visão daquele monstro Weradir viu tarde demais que um
orc mirava diretamente para ele, a dor foi lancinante, a ponta da flecha cravou em seu ombro. Era uma flecha enorme
demais para padrões humano, era uma flecha produzida por orcs, dessa forma a flecha era alguns palmos menores que
o próprio mago, foi sorte estar em um terreno elevado, o que fez com que a trajetória curvada da flecha a fizesse perder
velocidade, do contrário, ele sabia que seu ombro estaria destroçado por tamanha arma.

Porém… um cheiro cítrico chegou até o gnomo, e seu braço braço começa a ficar dormente, a ponta da flecha estava
revestida de um líquido viscoso e amarelado. E ali o gnomo percebeu o que acabara de ocorrer.

No chão, cinco dos cadáveres mortos dos goblins se levataram após serem atingidos pelos raios negros que o necromante
conjurara, seus corpos feridos com o sangue ainda escorrendo se agitaram e seguiram em direção a Ferrys e Essien.

Os homens que Vougan trouxera, saíram da estática que a visão do ciclope causara e correram para atacar os goblins com
suas armas afiadas, eram homens corajosos e valentes, mas sua coragem não os protegeria dos inimigos a frente.

O primeiro a atacar um goblin morto-vivo também foi o primeiro a morrer. A criatura enfiou sua lâmina enferrujada na
barriga do homem e a virou trazendo consigo as tripas do infeliz. Os demais goblins, 3 vivos e 5 mortos, avançavam sobre
Essien e Ferrys com as lâminas empunhadas do mesmo jeito, e uma loucura brilhando nos olhos.

**********************************              

Essien – Role um D10 só para testarmos percepção.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Andarilho

avatar

Masculino Número de Mensagens : 71
Data de inscrição : 03/12/2010

Ficha Vasta
Jogador: FireStorm
Sexo: Masculino
Raça: Humano

MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   Ter 30 Out - 17:09

Ferrys ficou espantado com o caos em que o total havia sido acometido. Em poucos segundos, analisou o cenário da batalha, observando os orcs que disparavam flechas em seus companheiros.

Infelizmente, não teve tempo de avançar neles, uma vez que, de alguma forma maligna, os goblins que já estavam mortos retornaram, e avançavam em sua direção. Rapidamente, saca sua espada, e parte pra cima dos inimigos.

Não sabia como matar algo que já estava morto, e decide mirar no pescoço, tentando arrancar suas cabeças.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Cabana Abandonada   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Cabana Abandonada
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» #Café da Cabana = Maggy VS #Igneel Scarlet
» Casa Abandonada.
» Ruínas da Cidade Baixa - Prédio Abandonado
» Vila Abandonada

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampiros do Brasil :: PIF - Play In Fórum :: A Herança de Vasta: O Reino Caído :: Onn Game :: Refúgio :: Vilarejo-
Ir para: